Estágio de Verão – ISQ&CTAG

Partilhar / Share

Sou a Rita Mendes, uma jovem monçanense de 20 anos, que concluiu o segundo ano do Mestrado Integrado em Engenharia e Gestão Industrial, na Universidade do Minho, e tive a oportunidade de realizar um estágio de verão naquela que é uma das empresas mais conceituadas na área da Indústria, Tecnologia e Inovação, o ISQ&CTAG Automotive Technologies.

Estudante universitária, ambiciosa, empenhada e dinâmica, decidi tornar o meu verão mais produtivo e útil para a vida profissional futura, através de algo que me desafiasse, me colocasse à prova e me permitisse sair da zona de conforto. Nesse contexto, surgiu a ideia de efetuar um estágio de verão, que é uma oportunidade incrível para preparar jovens para o mercado de trabalho e deve ser encarado como uma ferramenta de aprendizagem e crescimento. Sem dúvida que o mercado de trabalho está cada vez mais competitivo, pelo que é preciso preparar o futuro e pensar em formas de marcar a diferença, sendo que as experiências extracurriculares são as mais valorizadas.

No mercado de trabalho não faltam opções de estágios de curta duração e, embora numa fase inicial as dúvidas fossem muitas, rapidamente tive a certeza que tinha de ser numa empresa na qual os meus conhecimentos pudessem ser úteis e através da qual pudesse desenvolver várias competências na minha área de estudos, gestão industrial, que apesar de ser muito abrangente, baseia-se maioritariamente nas novas tecnologias, gestão de projetos, otimização de sistemas, qualidade, gestão da produção e logística. Embora, até então, nunca tenha estado em contacto com o mundo empresarial, a indústria automóvel sempre esteve no topo das minhas preferências, tanto devido à complexidade que exige, como o facto de ser uma indústria com elevada expressão na Europa e, ainda por a base da engenharia e gestão industrial ser os modelos do Fordismo e do Toyotismo, ambos do setor automóvel, dois modelos de produção criados para otimizar a eficiência e a produtividade de indústrias. Uma vez que gestão de projetos e qualidade, são as áreas com as quais pretendo prosseguir com mais profundidade os estudos, o ISQ&CTAG surgiu como a oportunidade perfeita para iniciar o meu percurso profissional e, deste modo, conseguir ter uma melhor perceção daquilo que se trata e se realmente me identifico com estas áreas. Assim, agradeço desde já ao Diretor Geral do ISQ&CTAG, André Mendes, por prontamente ter aceite a minha candidatura ao estágio de verão e durante este período de dois meses ter-me dado a oportunidade de me inserir na sua equipa de trabalho. 

Estagiar no ISQ&CTAG foi uma experiência inestimável e proveitosa, tanto a nível pessoal como profissional. Em apenas 2 meses, tive oportunidade de interagir com várias áreas da empresa, perceber a sua dinâmica de trabalho e ter uma ideia mais clara dos caminhos profissionais que podia seguir. Foi, sem dúvida, uma oportunidade desafiante a todos os níveis, onde conheci um novo mundo com desafios constantes que me fizeram esquecer os dias perdidos de praia.

No que diz respeito à minha experiência neste estágio de verão, foi algo bastante diversificado e que evoluiu progressivamente ao longo do tempo, permitindo-me tirar o melhor proveito possível. Desde a minha primeira semana no ISQ&CTAG em Monção, que tive oportunidade de acompanhar todo o processo dos ensaios a componentes e subsistemas integrados em veículos efetuados, desde a criação de novos boletins para os projetos, à realização das fichas de ensaio a partir das petições de trabalho recebidas e baseadas nas normas de OEMs aplicadas, à observação da concretização do ensaio e, ainda, da elaboração do relatório final entregue ao cliente. Numa fase inicial, tive de perceber quais os métodos de trabalho, as dinâmicas da equipa e o modo de funcionamento de todos os processos. Para além disso, tive oportunidade de ter um primeiro contacto com as normas das OEMs mais utilizadas e a partir das quais os ensaios são elaborados. O rigor dos ensaios e a missão de tentar cumprir escrupulosamente o procedimento descrito na norma para o ensaio realizado, foi sem dúvida, a minha primeira lição neste estágio. Posteriormente, o meu propósito nesta experiência consistiu na colaboração para a realização de fichas de ensaio e, sobretudo, de relatórios. Assim, estive bastante inserida na parte de gestão operacional de projetos, uma vez que se tratam de projetos de curta duração, nos quais tem de se realizar o ensaio e apresentar os resultados num período de tempo bastante limitado.

O ISQ&CTAG está envolvido no projeto “PAC – Portugal AutoCluster for the Future”, que é um programa mobilizador que surge da iniciativa do Cluster Mobinov e é liderado pela Simoldes Plásticos S.A, em parceria com um conjunto alargado e representativo de outras empresas e outras entidades do sistema científico e tecnológico nacional. O projeto visa endereçar desafios tecnológicos identificados no setor automóvel nacional com a finalidade de aumentar a competitividade das entidades do setor nacional e sua inserção e destaque no contexto internacional. O propósito deste projeto é a criação do veículo do futuro, que passa pelo veículo elétrico e híbrido. A minha colaboração neste projeto consistiu na participação nas diversas reuniões para apresentação de resultados por parte das empresas envolvidas e na realização da tarefa “Sistematização de novas abordagens de teste e validação para o veículo do futuro”, que tinha com objetivo a definição de metodologias para a avaliação da sustentabilidade e sistematização de novas abordagens de teste e validação associadas ao veículo do futuro.

A minha envolvência na empresa foi crescente ao logo destes dois meses, no entanto, passei a ter uma participação mais ativa na altura de férias de alguns elementos desta equipa de trabalho, em que fiquei encarregue pela gestão de projetos de um dos membros. Nesse sentido, passei a estar mais integrada na forma como a empresa trabalhava, tudo aquilo que era necessário efetuar para que o ensaio realizado fosse bem-sucedido e pudesse trazer o maior benefício financeiro à empresa. Deste modo, pude acompanhar a totalidade do processo e estar envolvida em muitas das atividades, nomeadamente, criação de novos boletins, fichas de ensaio, lançamento de programas para o ensaio, relatório e, especial destaque, para o planeamento. No âmbito do planeamento, tinha como propósito garantir uma maior eficiência do espaço, assegurando que todos os equipamentos disponíveis estavam a ser usados da forma mais proveitosa possível. Neste sentido, o meu conhecimento na área de gestão de projetos foi bastante útil para garantir que durante o período de férias, apesar do número de pessoal fosse reduzido, conseguíssemos garantir que todos os projetos chegassem a bom porto e fossem concretizados com sucesso.

Para além de tudo isto, tive ainda a oportunidade de ajudar na correção de algumas das não conformidades que a empresa teve na última auditoria a que esteve sujeita, contribuindo assim para um melhor desempenho na próxima auditoria que venha a ser alvo. Tal facto, foi bastante útil para perceber algumas das fragilidades da empresa e quais as estratégias a adotar para as contornar e superar com sucesso. Ainda durante o período do meu estágio de verão, entrou um novo membro para a equipa de trabalho, o que me permitiu ver como a empresa se adaptou, bem como é todo o processo de integração do novo membro, no qual também estive inserida.

O ISQ&CTAG resulta da parceria do Instituto de Soldadura e Qualidade (ISQ) com o Automotive Techonology Centre of Galicia (CTAG), em que ambos realizam engenharia de testing e processos no setor automóvel, o que permite a esta empresa ter inúmeras vantagens que se refletem em muito daquele que é o seu modo de funcionamento, nomeadamente nos horários de trabalho assim como na forma de tratamento dos elementos da equipa de trabalho, independentemente da hierarquia existente. O facto de existir esta influência proveniente de Espanha, permitiu-me perceber as diferenças existentes na mesma área de trabalho em países distintos, assim como desenvolver as minhas competências linguísticas.

Neste estágio, tive oportunidade de ver, fazer e aprender imenso. O ISQ&CTAG é um laboratório acreditado, que oferece um leque diversificado de serviços dirigidos à indústria automóvel, que necessitem que os seus equipamentos e produtos cumpram os requisitos de qualidade e segurança. Os ensaios realizados garantem a conformidade com a legislação, normas, diretivas e códigos aplicáveis. Para tudo isto, é necessário equipamento de excelência, que existem em muito poucos laboratórios na Europa, o que faz com que o ISQ&CTAG seja uma empresa diferenciadora que prima por apresentar tecnologia de ponta, em que a maioria da população desconhece o seu potencial. Sem dúvida que é visível tratar-se de uma empresa que investe muito na inovação, aposta em marcar pela diferença, envolvendo-se em diversos projetos empreendedores que contribuem para o avanço da indústria automóvel. A investigação também é algo que faz parte do ISQ&CTAG, o que lhes permite desenvolver novos conhecimentos e, simultaneamente, adquirir fundos necessários para aquisição de novos recursos essenciais ao desenvolvimento de qualquer empresa.

Apesar do último ano e meio ter sido atípico e de grande recessão a nível da economia global, devido à pandemia de COVID-19, o ISQ&CTAG apresenta neste momento sinais de recuperação e crescimento, que são importantes para a empresa no seu todo. Para além disso, é extremamente notório, para quem tem possibilidade de contactar com a empresa, que esta encontra-se em franco crescimento, nomeadamente através da aquisição de novos equipamentos e contratação de mão de obra qualificada. É de louvar todo o empenho desta empresa, que apesar de estar a sofrer um grande crescimento num curto espaço de tempo, o que nem sempre é fácil de gerir, tem demonstrado resultados muito positivos e avizinha-se para esta um futuro próspero e de muitas conquistas.

Toda a equipa é de um profissionalismo elevado, com muito conhecimento na área e experiência de laboratório. O objetivo fulcral dos ensaios executados pelo ISQ&CTAG é a deteção de possíveis falhas e erros que peças de automóveis possam demostrar, quando sujeitas a condições de ensaio que tentam repercutir as condições a que qualquer automóvel na sua vida útil enfrenta. São eles os responsáveis pela validação de todos os componentes inseridos num automóvel, pelo que é de extrema importância garantir que todos os ensaios são realizados com o maior rigor possível e haja pessoal competente e conhecimentos sobretudo de química e física para interpretar qualquer resultado que possa advir dos ensaios realizados.

Aprendi com todos, sem exceção, cada um com as suas particularidades e as suas áreas de maior domínio, mas todos se mostraram disponíveis para partilhar comigo aquilo que de melhor conhecem e sabem fazer. O ISQ&CTAG, como qualquer outra empresa, tem um longo caminho a percorrer, há sempre melhorias que podem vir a ser feitas, sobretudo no âmbito da organização e comunicação da equipa. O ambiente que se vive é de união e partilha, onde todos têm como objetivo central levar a empresa a bom porto e, julgo, remarem na direção certa para que tal aconteça. Tive a oportunidade de conhecer ao certo como funciona uma empresa, quais os mindsets que devem reger e quais os principais requisitos para se ser bem-sucedido. Cada empresa é um caso particular, no entanto, acredito que existem pontos comuns essenciais, tal como espírito de equipa, vontade de aprender e dar o melhor sempre e, claro, porque tempo é dinheiro, tornar a empresa o mais rentável possível, nunca esquecendo de apostar na inovação, investimento necessário para o desenvolvimento. Outro aspeto que também descobri ser relevante, é a participação da empresa em várias atividades externas, nomeadamente através de parcerias, que permitem dar outra visibilidade à empresa, bem como a aquisição de novos conhecimentos e talentos.

Desde o primeiro momento que entrei na empresa, que fui extramente bem recebida, imediatamente inserida na equipa e tratada como membro da mesma. Deste modo, para minha primeira experiência profissional não poderia estar mais satisfeita pela oportunidade que me foi dada e extremamente agradecia por tudo o que me ensinaram e todos os momentos de excelência que me proporcionaram no ISQ&CTAG. Termino esta experiência, estágio de verão de dois meses, com a maior das satisfações e o sentimento de dever cumprido. Sinto que dei o melhor de mim, empenhei-me de forma a poder contribuir para o desenvolvimento da empresa, quer através dos conhecimentos na área de gestão industrial que domino, como de outras valências pessoais que tive ocasião de explorar. É com profundo orgulho que direi que tive a oportunidade de fazer em Monção, uma pequena vila no norte de Portugal, um estágio de verão numa empresa de excelência como o ISQ&CTAG, em forte crescimento, e a qual tenho a certeza que ainda dará muitas alegrias e ouvirei falar muito no futuro. Findo este estágio, sinto-me mais confiante para enfrentar aquele que é o mundo do trabalho, consciente que cada empresa é diferente, não duvido que foi um ótimo ponto de partida e me servirá de modelo e referência. Como disse, sou uma jovem ambiciosa e determinada, espero que este tenha sido o início de um belíssimo percurso profissional, marcado por empresas de qualidade, onde nunca falte a vontade de mudar, aprender, crescer e desenvolver. Aquilo que desejo é que o ISQ&CTAG, tal como eu, tenha considerado que superei as expectativas que tinham depositas em mim, espero ter conseguido mostrar o meu potencial e ter sido uma mais valia. De mim exijo a excelência, pelo que espero que tenha repercutido isso no trabalho que desenvolvi neste período e que a empresa tenha ganho com a minha presença.

A bagagem que levo desta experiência é indiscritível, mas os conhecimentos na área automóvel, nomeadamente no que diz respeito a testes e validação de componentes, assim como conhecimento de gestão operacional e, ainda o que retirei da postura a adotar num contexto empresarial, são os aspetos que mais destaco. Observadora e muito atenta aos pormenores, consegui aperceber-me de muitas realidades que desconhecia existirem numa empresa, mas que serão ferramentas úteis para ver o que devo ou não fazer em experiências profissionais futuras.

Por fim, gostaria de agradecer a toda a equipa do ISQ&CTAG, sem exceção, pela maneira extraordinária como me receberam e acolheram e, ainda, por todo o conhecimento, ajuda e bom ambiente que me proporcionaram nestes dois meses. Queria destacar o diretor geral, André Mendes, e a responsável do laboratório de ensaios, Elena López, ambos com uma carreira irrepreensível e um conhecimento exímio tanto no setor automóvel, como na área laboratorial. Aliam o conhecimento e a experiência, e partilharam comigo muito daquilo que aprenderam ao longo do seu percurso profissional, dando-me oportunidade de dar o meu contributo à empresa e de aprender fazendo, a prática é tudo e ambos me permitiram envolver em diversas atividades e dinâmicas da empresa, confiando e dando sempre todo o suporte e apoio necessário. Agradecer, ainda, à Engenheira Rita Pena que foi quem me acolheu e me permitiu dar os primeiros passos dentro da empresa, de uma competência, organização e conhecimento extraordinário, mostrou-se muito disponível para me ensinar e ajudar em tudo. Metódica e com uma qualidade de trabalho notória, instruiu-me com as bases necessárias para posteriormente estar apta para assumir outras funções, e ser capaz de entender toda a envolvência da empresa.  Ao Engenheiro Eduardo Alves, também gostaria de deixar um especial agradecimento, por me ter dado a oportunidade de o acompanhar na concretização de muitos ensaios e de me ter permitido ajudar na gestão de todos os ensaios pelos quais ele ficou encarregue no período de férias de alguns membros. Julgo termos constituído uma equipa funcional e eficaz, onde desenvolvi com ele as minhas competências mais práticas dos ensaios de validação realizados na empresa.

Desejo o maior sucesso ao ISQ&CTAG e a toda a equipa que o constitui, esperando que continuem no bom ritmo de crescimento que apresentam na atualidade e consigam alcançar todos os objetivos a que se propõem. O seu trabalho é detetar erros que peças ou produtos de automóveis possam ter, espero, portanto, que sejam capazes de sempre encontrar os seus erros enquanto organização e encontrem as soluções que precisam, sempre desafiando e apostando na inovação, porque não tenho dúvidas, que esse é o caminho por todos a percorrer para alcançar o sucesso. Muito obrigada e, quem sabe, até uma próxima.

Leave a Comment

O seu endereço de email não será publicado.